Agenda Digital

Por Ernesto Piedras

Desde o início da sua difusão massiva, a internet foi reconhecida como um meio que permite aos seus usuários ultrapassar as fronteiras geográficas e culturais para o acesso e difusão da informação, bem como para o intercâmbio comercial. Além de facilitar a transação de bens, hoje a internet confirma o seu papel de plataforma de desenvolvimento humano integral, proporcionando também o intercâmbio de serviços e informação, funcionando como um meio facilitador da redistribuição da riqueza.

Atualmente, a internet representa a maneira mais simples e ágil de distribuição de conteúdo em nível global. Isso significa uma oportunidade de desenvolvimento para as indústrias culturais nacionais, ampliando o seu alcance, no caso do conteúdo, e o seu mercado, no caso dos bens e serviços.

Conforme a experiência e a estratégia digital chilena, uma Agenda Digital pode ser definida como um conjunto de políticas públicas focadas em incrementar o uso da internet de banda larga para “contribuir com o desenvolvimento econômico e social de um país por meio do potencial que oferece o uso das tecnologias de informação e comunicação para melhorar a qualidade da educação, melhorar a transparência, aumentar a produtividade e competitividade, e fazer um governo melhor por meio de uma maior participação e compromisso cidadão”.

É importante destacar que uma Agenda Digital é um planejamento integral de objetivos e ações que pretendem impulsionar o desenvolvimento da sociedade da informação e o conhecimento em uma região ou país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s