Boa notícia no cinema nacional

Hoje pela manhã ouço pelo rádio que o documentário “Uma Noite em 67” de Ricardo Kahlil é documentario mais visto no pais, merecidamente o mais visto diria eu.  Acesso a internet e encontro o artigo que reproduzo a seguir da jornalista Mona Dorf recomendando o filme.

Como já havia falado anteriormente o filme é imperdível! Em Porto Alegre o filme segue em cartaz.

Não percam!

Abraços!

Jac

Recordar é viver

Nunca tantos talentos estiveram reunidos numa mesma disputa. E são compositores que fazem sucesso até hoje. Que patrimônio musical, esse nosso!

Recordar é viver… E nada como a telona para lembrar os tempos gloriosos dos festivais da Record, com seu auditório repleto de fãs, que se descabelavam, na torcida por jovens músicos: ninguém menos que Chico Buarque, Sergio Ricardo, Edu Lobo, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Roberto Carlos…

Uma noite em 67 de Renato Terra e Ricardo Calil é a dica do dramaturgo Mário Viana – em cartaz com a comédia Vamos? –  nós estamos de acordo. Para as novas gerações, para quem viveu  e quer reviver, não dá para perder filme sobre o festival que revolucionou a música brasileira.

No mesmo tom, porém, com uma década de diferença, Os Dzi Croquettes de Tatiana Issa e Raphael Alvarez, trazem o deboche, a música e a dança  do grupo irreverente e precursor que inspirou Ney Matogrosso e toda a geração dos anos 80. Entenda no artigo do internauta Daniel Barbosa porque o documentário é imperdível, a importância do grupo como movimento cultural.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s