17° PRÊMIO GUARANI (2012)

O Palhaço, de Selton Mello, é o grande vencedor do ano, com nove vitórias

 

Nem sempre o filme com o maior número de indicações resulta no mais premiado. O grande vencedor do XVII Prêmio Guarani – O Melhor do Cinema Brasileiro em 2011 foi O Palhaço, deSelton Mello. O filme era apontado como um dos favoritos, com 13 indicações, uma a menos do que o campeão do ano, Bróder, de Jeferson De. Este foi o segundo mais premiado, com três vitórias nas 14 categorias que disputava. Foram reconhecidos ainda os filmes O Homem do Futuro, de Cláudio Torres, com 2 prêmios, e o longas Elvis e Madona, de Marcelo Laffitte, Malu de Bicicleta, de Flávio Tambellini, Riscado, de Gustavo Pizzi, Trabalhar Cansa, de Juliana Rojas e Marcos Dutra, e Diário de uma Busca, de Flávia Castro, cada um escolhido como o melhor do ano em uma categoria. Como Melhor Filme Estrangeiro, foi eleito A Árvore da Vida, de Terrence Malick.

O Palhaço ganhou em 9 categorias: Melhor Filme, Direção (Selton Mello), Roteiro Original, Direção de Arte, Figurino, Fotografia, Trilha Sonora, Maquiagem e Elenco. Mello, após nove indicações anteriores – sete como ator, uma como roteirista e uma como diretor – finalmente conquistou seus primeiros Guarani. Ele é o segundo ator a ser premiado como Diretor, após Matheus Nachtergaele, vitorioso em 2010 por A Festa da Menina MortaSelton, no entanto, segue sem ganhar nas categorias de atuação, tendo somado neste ano sua oitava indicação sem vitória.

O Palhaço, de Selton Mello

O Melhor Ator do ano foi Caio Blat, premiado por seu despenho em Bróder. Esta foi sua recém sua segunda indicação, e vinda em anos consecutivos. A Melhor Atriz foi Karine Teles, porRiscado, seu trabalho de estreia no cinema. Marat Descartes, em Trabalhar Cansa, foi eleito o Melhor Ator Coadjuvante. Esta é sua primeira indicação como ator, e sua segunda ao Guarani – no ano passado ele concorreu como Revelação. A Atriz Coadjuvante foi Cássia Kiss, também porBróder. Esta é a sua segunda vitória nesta categoria (em 2010 ganhou por A Festa da Menina Morta) e sua quarta indicação ao Guarani. A Revelação do ano foi o ator Igor Cotrim, um dos protagonistas de Elvis e Madona.

Bróder ganhou também na categoria de Melhor Montagem, enquanto que Malu de Bicicleta foi eleito o Melhor Roteiro Adaptado. O Homem do Futuro foi escolhido o melhor do ano em Som e em Efeitos Especiais. Diário de uma Busca foi escolhido como o Melhor Documentário de 2011. Com a escolha de A Árvore da Vida, esta é a nona vez que o prêmio de Filme Estrangeiro vai para os Estados Unidos. Outros países já premiados: Argentina, França, Inglaterra, Espanha e Coréia do Sul.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s