CINEBANCÁRIOS RECEBE PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL DEMOCRACINE

Imagem

A cidade de Porto Alegre se prepara para receber entre os dias 13 e 17 de junho de 2012 a primeira edição do Democracine – Festival Internacional de Cinema de Porto Alegre. Promovido pela Prefeitura de Porto Alegre e pelo Observatório Internacional de Democracia Participativa, em parceria com o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, oDemocracine tem o objetivo de difundir produções audiovisuais relacionadas à democracia participativa e ao aprofundamento da cidadania. O festival, que acontece na Sala P. F. Gastal e no CineBancários, tem sua programação formada por uma mostra competitiva de filmes de curta e média metragem e duas mostras paralelas (a Mostra Informativa e a Mostra Expressões da Revolução), e pretende transformar a capital gaúcha em um centro de discus são sobre o papel da imagem no campo das lutas democráticas no mundo contemporâneo. 

CineBancários recebe a programação da Mostra Informativa e da mostra paralela Expressões da Revolução do Democracine, com filmes sobre a Primavera Árabe. Toda a programação é aberta ao público e tem entrada franca.

Filmes:

Cinema de Guerrilha, de Evaldo Mocarzel (Brasil, 2010, documentário, 72 minutos) 

Culturas de Resistência (Cultures of Resistance), de Iara Lee (Estados Unidos, 2010, documentário, 73 minutos)

Entre Homens – Gays na Alemanha Oriental (Unter Männern – Schwul in der DDR), de Ringo Rösener e Markus Stein (Alemanha, 2012, documentário, 91 minutos)

Escola Normal (Escuela Normal), de Celina Murga (Argentina, 2012, documentário, 88 minutos)

Memória Cubana, de Alice de Andrade e Ivan Nápoles (Brasil/França/Cuba, documentário, 71 minutos) 

Osmarino Amâncio: Filho da Floresta, de Adelino Matias e Emiliano Leal (Brasil, 2011, documentário, 85 minutos)

Pense Global, Aja Rural (Think Global, Act Rural – Solutions Locales pour un Désordre Global), de Coline Serreau (França, 2010, documentário, 113 minutos)

Quem Vai à Guerra, de Marta Pessoa (Portugal, 2011, documentário, 129 minutos)

Soldados a Caminho do Puteiro – Memórias de uma Guerra Quase Imaginária, de Hermes Leal (Brasil, 2011, documentário, 78 minutos)

Tahrir (Tahrir), de Stefano Savona (França/Itália/Egito, 2011, documentário, 90 minutos)

Babás, de Consuelo Lins (Brasil, 2010, documentário, 20 minutos)

Em Nome do Filho, de Eduardo Canto Machado e Tanira Lebedeff (Estados Unidos/Brasil, 2005, documentário, 23 minutos)

PROGRAMAÇÃO CINEBANCÁRIOS

14 de junho (quinta-feira)

15h – Mostra Informativa (Pense Global, Aja Rural)

17h – Mostra Expressões da Revolução (Next Music Station: Libano + Teenage Riot: Spain’s Neo-Revolutionaries)

19h – Mostra Informativa (Quem Vai à Guerra) 

15 de junho (sexta-feira)

15h – Mostra Informativa (Osmarino Amâncio: Filho da Floresta)

17h – Mostra Expressões da Revolução (The Trip + Ahmed Sherif Documentary + Tahrir)

19h – Mostra Informativa (Soldados a Caminho do Puteiro – Memórias de uma Guerra Quase Imaginária)

16 de junho (sábado)

15h – Mostra Informativa (Entre Homens – Gays na Alemanha Oriental)

17h – Mostra Informativa (Babás +  Culturas de Resistência)

19h – Mostra Informativa (Memória Cubana)

17 de junho (domingo)

15h – Mostra Informativa (Escola Normal)

17h – Mostra Informativa (Em Nome do Filho + Cinema de Guerrilha)

19h – Mostra Informativa (Babás + Culturas de Resistência)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s